Uma década para entender Claire Boucher

Precisei de uns meses pra entender porque ela gravou uma faixa como “Go”. Agora vou precisar de pelo menos uma década pra entender esse clipe. Eu sei lá se significa alguma coisa. Eu sei lá se a estética dela quer significar alguma coisa afinal. Mas é fato que Boucher é um caso único na internet. Seja a música meio mutante, o apelo que é ao mesmo tempo bizarro e bonito, o som que vai do synthpop mais étereo ao brostep mais agressivo, difícil competir com a excentricidade dela. Pelo certo ou pelo errado, ela vence pela curiosidade. A prova disso é que, mesmo achando uma bagunça danada (ainda que com ótimas ideias visuais), não consigo parar de assistir ao clipe. E a música é a pior melhor música que uma artista indie já gravou.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s